Por que você está na igreja?

Paz de Cristo!

Ser cristão, para muitos, virou moda. 

Tem sido ir a shows e ficar pulando sem entender o porquê; tem sido colocar uma Bíblia embaixo do braço e se achar melhor que os outros; tem sido vestir uma saia longa e se achar em santidade; tem sido ficar lendo mensagens com foco em autopunição para tentar limpar a consciência de sentimentos de culpa; tem sido ficar compartilhando belas imagens com belos versículos nas redes sociais para que as pessoas tenham uma boa impressão sobre ti.

Com a propagação da desinformação ao invés do investimento em ensino bíblico muitas pessoas são meros frequentadores de igrejas. E o pior, quando estão dentro do rótulo de cristão se sentem extremamente infelizes.


Boa parte do "ser um cristão" é ter um relacionamento com Cristo. Quando entendemos que Ele nos amou primeiro temos a nossa percepção da vida alterada. Não baseamos nossas ações visando recompensa divina. Porém, não é isto que temos visto ocorrer dentro das igrejas.

A mensagem que tem sido pregada por muitos baseia-se em colocar limites às pessoas ressaltando a ida delas ao inferno caso não estejam naquela grade de regras. Logo, muitos guardam em suas mentes um conjunto de imposições e as praticam com medo de ir para o lago de fogo. Tornam-se pessoas legalistas, as quais deixam de frequentar determinados locais, ingerir bebidas alcoólicas, curtir uma pegação, fumar etc visando agradar ao pastor/missionário/presbítero e esperando que estes lhes façam afirmações sobre irem ao Paraíso.

Eu, particularmente, me sentiria sufocado agindo assim. Desejar fazer muitas coisas e estar preso em uma prisão de regras deve ser horrível. Devemos obedecer a Deus? SIM! Conforme o versículo abaixo nos ensina:

"Se vocês estiverem dispostos a obedecer,comerão os melhores frutos desta terra." Isaías 1:19 NVI
Porém, compreendendo o motivo do que fazemos. Não se trata de sermos cegamente doutrinados ou subjetivamente adestrados mas de estarmos em um relacionamento com o nosso Deus, o qual nos chama de amigo! É fazer com que a Palavra de Cristo habite em nossos corações e termos um convívio completo com o Espírito Santo. Deus é um Deus que nos liberta, nos sustenta e nos guia.

"Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seu coração." Colossenses 3:16 NVI


O pastor Paul David Washer conta uma história bem ilustrativa, a qual segue abaixo:


Há uma história sobre um dos maiores e mais excelentes violonistas da Europa que tocava seu concerto final. Ele já estava bem idoso. E, quando ele terminou, um jovem, um violonista, se aproximou dele e disse: "Senhor, daria a minha vida para tocar como você". E o velho violonista disse: "Filho, eu tenho dado a minha vida para tocar como eu toco".
Você diz: "Quero o poder de Deus em minha vida" — então, algo tem de ser feito. "Eu quero conhecer a Deus" — então, alguma separação do mundo tem de acontecer!

Certamente ser um cristão não é fácil. É saber que todos nos odiarão (Mateus 10:22) e que doaremos as nossas vidas em prol do Reino de Deus. Também é saber que o nosso Redentor vive e que podemos crer no amanhã! É saber que o nosso Deus é poderoso e misericordioso!


Se você é um líder ministerial gostaria de lhe chamar a investir em ensinar sobre os atributos de Deus aos membros da sua igreja. 

Se você deseja aprender mais sobre essas diferenças entre seguir a Deus e seguir a regras que lhe foram impostas sem uma melhor compreensão, primeiramente recomendo que inicie uma vida de oração. Deus está a lhe ouvir e lhe responderá de diferentes formas. Leia a Bíblia. Ela é a maior fonte inesgotável de sabedoria. E Deus falará contigo através dEla. E então, amados, algo incrível ocorrerá! Seus olhos serão abertos e entenderás o amor de Deus. É algo que quando você vivenciar transformará a sua vida e o seu coração.


"Jamais me esquecerei dos teus preceitos, pois é por meio deles que preservas a minha vida." Salmos 119:93

Que Deus lhe abençoe!
Sucesso!


João Victor
0 Comentários

0 comentários: